05 Pessoas são presas por perturbação de sossego em festa clandestina em João Pinheiro

Nessa última quinta-feira (3), por volta das 21h30min, os policiais militares foram acionados até a Rua Roberto Donizete Mota, no bairro Aeroporto, onde várias denúncias via 190 — Emergência Policial, informavam que estava ocorrendo uma festa clandestina e perturbação do sossego em que pessoas se utilizavam de som automotivo, bem como de gritarias e algazarras.

No local, os militares depararam com um grupo de pessoas, em uma casa, sendo constatada a perturbação do sossego e que o casal, moradores da casa, juntamente com outras pessoas, estavam com o veículo Fiat/Uno, placa GPW-8413, estacionado em frente a referida casa, com uma parte sobre a calçada e parte na rua. O som do veículo estava ligado em alto volume, com a tampa do porta malas levantada. As pessoas estavam no interior da varanda/garagem, utilizando bebidas alcoólicas.

O proprietário do veículo, morador da casa, um homem de 38 anos de idade, foi abordado e ao ser verificada a documentação do veículo, foi constatado que este não estava licenciado desde o ano de 2015. O homem foi preso por perturbação do sossego, sendo conduzido até a Delegacia. O veículo, como não estava licenciado foi removido ao pátio credenciado pelo serviço de guincho, sendo lavrado 03 atos de infração de trânsito.

Ocorre que, após a saída das guarnições da PM do local dos fatos, novamente as pessoas vítimas de perturbação começaram a ligar no 190 informando que com a retirada dos militares, as pessoas que ficaram no local ligaram outro equipamento de som no interior da casa em alto volume, novamente. Além do som alto gritavam com xingamentos, incomodando toda a vizinhança. As equipes da PM retornaram ao local, sendo constatado a algazarra e o som alto ligado continuando a perturbação. Tendo os militares deparado com um homem de 27 e três mulheres de 26, 29 e 20 anos de idade, sendo todos abordados e também presos e conduzidos por perturbação do sossego. A demais, o som automotivo utilizado pelo grupo, também foi apreendido.

Parabéns a você cidadão de bem que ligou e denunciou. A Polícia Militar conta com sua participação. Continuem denunciando através do telefone 190 — Emergência Policial, ou 181 — Disque Denúncia Unificado, onde os seus dados serão mantidos no mais absoluto sigilo.

Comentários

Copiar com CTRL-C - A republicação é gratuita desde que citada a fonte.
Publicar textos sem dar créditos ao autor é considerado crime

artigo 7º da Lei do direito autoral.

Conteúdo da Editora de Jornal Diário Sputnik Voz do Povo

%d blogueiros gostam disto: