Jo é condenado a mais de 19 anos de prisão por matar Sorriso a tiros em João Pinheiro

Joenvard Pascoal Coelho Malta, vulgo “Jo”, foi condenado pelo homicídio de  Ronildo Correia Vieira, a 19 anos e 03 meses de prisão em regime fechado e ainda pagará uma indenização de 100 mil reais a família da vítima.

A sentença foi lida pelo juiz Maurício Pinto Filho, da 1ª Vara Cível, Criminal e da Infância e Juventude da Comarca de João Pinheiro, em audiência com júri popular.

A audiência durou o dia inteiro e o resultado saiu agora no inicio da noite desta quinta-feira (29).

Joenvard, assassinou o pai de família, Ronildo Correia Vieira, popular “Sorriso”, no dia 05/09/2018, com disparos de arma de fogo, no jardim da casa da vítima. Jo, chegou no portão da residência, chamou a vítima, que foi de encontro ao assassino, sendo alvejada por disparos de arma de fogo sem chances de defesa. A motivação do crime foi um desentendimento que tiveram anteriormente na zona rural de João Pinheiro.

O autor ficou foragido por 11 meses, e após dedicada investigação e compartilhamento de informação a Policia Civil de Minas Gerais, através da delegacia de João Pinheiro, juntamente com a policia Civil do estado de Pernambuco, localizaram e prenderam “Jo”, no município de Bodocó-PE, no dia 12/08/2019, ficando a disposição da justiça e hoje condenado a 19 anos e 03 meses de reclusão em regime fechado.

Comentários

Copiar com CTRL-C - A republicação é gratuita desde que citada a fonte.
Publicar textos sem dar créditos ao autor é considerado crime

artigo 7º da Lei do direito autoral.

Conteúdo da Editora de Jornal Diário Sputnik Voz do Povo

%d blogueiros gostam disto: