fbpx

João Pinheiro em Chamas

Queimadas é crime ambiental passível de multa!

A intensificação das queimadas pelo homem tem provocado a devastação da segunda maior formação vegetal brasileira – o Cerrado.

De janeiro a agosto deste ano, Brasil teve uma alta de 82% no número de queimadas. Nossa região sofre com queimadas todos os anos, que atinge principalmente nossas reservas e nosso cerrado.

cerrado é a segunda maior formação vegetal brasileira e cobria aproximadamente 25% do território brasileiro. Atualmente, conforme dados do Ministério do Meio Ambiente, apresenta menos de 20% da antiga área, e desse restante apenas 2% estão protegidos em parques ou reservas.

A pecuária extensiva e a agricultura mecanizada de soja, milho e algodão são as principais causas da destruição de boa parte desse tipo de formação vegetal.

Enquanto o mundo está preocupado com as chamas que avançam sobre a Amazônia, o problema das queimadas acontecem em João Pinheiro como se fosse algo comum.

Em menos de uma semana foi registrados dois incêndios envolvendo áreas próximas a cidade de João Pinheiro.

Cinegrafista: Alane Alves

O primeiro incêndio foi registrado dia (25), as margens da br-040, próximo ao centro administrativo, onde toda a vegetação foi queimada, as chamas e muita fumaça, colocava em risco as vidas das pessoas que passam com seus veículos pela br-040. O local também conta com uma rede elétrica que ficou em meio as chamas.

A segunda queimada foi registrada próximo ao parque de exposição, onde tem uma igrejinha que é patrimônio cultural de João Pinheiro.

Cinegrafista: Welington Ney

Imagens foram feitas no local pelo reporte Welington Ney, que relatou não ser primeiro incêndio durante o dia de hoje (27), mas que em pontos diferentes daquela região o fogo já havia queimando grande parte da vegetação do cerrado.

Ainda no mês de agosto, um incêndio aconteceu na noite do dia (15), e deixou os moradores próximo ao clube campestre preocupados com a atura que as chamas alcançaram chegando a colocar as casas próximas do local em risco de serem todas queimadas. De acordo com os moradores a prática de colocar fogo em lotes vagos nas proximidades das casas é praticada ao menos três vezes ao ano.

Video: Reprodução

Em época de estiagem e importante que não façam queimadas, esta é a época em que aumenta a incidência em função das condições climáticas.

É comum a queima de lixo, de restos de poda e capina, para limpeza de terrenos para agricultura, pastagem ou loteamento e até mesmo pontas de cigarro jogadas aleatoriamente.

A Queimada é crime, conforme artigo 54 da lei federal de crimes ambientais 9.605/1998!

As queimadas trazem sérios problemas a saúde ambiental, pois são extremamente prejudiciais à qualidade do ar, ocasionando o desequilíbrio ambiental com a morte da fauna e flora. Em áreas urbanas, aumentam o calor na cidade e causam poluição do ar pela geração de fumaça e liberação de gases que afetam a saúde da população, agravando problemas respiratórios, principalmente em crianças e idosos.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: