Angelina é condenada a mais de 30 anos de prisão por matar uma grávida para roubar bebê em João Pinheiro

Angelina acusada de matar uma grávida para roubar a bebê do ventre em João Pinheiro, no Noroeste Mineiro, foi condenada a mais de 30 anos de prisão durante júri popular nesta quarta-feira (11). A ré está presa desde 2018, quando confessou o crime à polícia. A sessão do Tribunal do Júri da comarca de João Pinheiro, ocorreu no Fórum de João Pinheiro.

O Promotor de justiça Edon José Rodarte Filho, da comarca de Vazante, fez os trabalhos do Ministério Público, defendendo pela condenação da ré, pelos crimes cometidos.

Angelina foi condenada por homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel, impossibilidade de defesa da vítima.

O juiz Maurício Filho Pinto, aplicou a sentença em 30 anos e 02 meses de reclusão em regime inicial fechado de detenção. O júri reconheceu as denúncias de motivo torpe, com emprego de meio cruel, mediante dissimulação, visando encobrir outro crime, recurso que dificultou a defesa da vítima,a ré foi absolvida pelo crime de subtração de incapazes – att 249.

Foi condenada também pelo crime de parto suposto – ART 242. Todos do código penal.

Oito pessoas foram ouvidas durante o julgamento, além do interrogatório da ré. A sessão foi acompanhada por um pequeno grupo de familiares da vítima.

Compos a defesa de Angelina, Tiago Henrique Ribeiro de Souza, Marcelo Souza Silva Brito, Hobert Limoeiro, Edimir Gonçalves Ramos.

Mais informações no programa “Impacto Notícias”, a partir das 11Hrs. Acompanhe pelo link https://sputnikvozdopovo.com.br/sertafm e também pela SertaFM 101,5.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: