Veículo adquirido por estelionato em Unaí é interceptado pela PM em João Pinheiro

Na tarde da última sexta-feira, 17Dez21, por volta das 16h00min, os militares ao receberem informação da PM de Unaí, que o veículo VW SAVEIRO DE COR BRANCA, havia sido produto de estelionato e deslocava sentido a João Pinheiro, imediatamente policiais militares deslocaram para as margens da BR 040, logrando êxito em abordar o citado veículo na entrada da cidade.

No interior do veículo foi abordado A. C. F., 34 anos e no veículo VW POLO DE COR BRANCA, que acompanhava a SAVEIRO, estava L. L. R. A., 31 anos. Em diálogo, A. C. F., 34 anos, relatou que encontrou o anúncio do veículo SAVEIRO no aplicativo de vendas OLX e que entrou em contato com o suposto vendedor via chat do próprio aplicativo, tendo o vendedor se identificado como JOSÉ, dizendo se irmão do proprietário do veículo e pediu o número de telefone para seu irmão LUIZ entrar em contato.

O LUIZ fez contato no dia seguinte pelo aplicativo “WHATSAPP” e conversaram sobre o veículo, A. C. F disse que desconfiou do preço por estar a baixo do preço de pauta, tendo LUIZ informado que o veículo teria alguns danos necessitando de reparos e que precisa com urgência do dinheiro por motivo de emergência na família.

A vitima de 34 anos, pediu vídeos e fotos do veículo e dos documentos, os quais foram mandados de imediato e que na foto do documento enviada constava que o proprietário do veículo seria outra pessoa, sendo questionado a LUIZ a respeito disso, ele disse que o veículo estaria em nome de seu cunhado. Ainda, que LUIZ afirmou que o veículo se encontrava na cidade de UNAÍ e se tivesse real interesse poderia deslocar até o local para ver o veículo, tendo combinado deslocar no dia seguinte.

Na sexta-feira o homem de 34 anos, deslocou até a cidade de Unaí para avaliar o veículo juntamente com a testemunha L. L. R. A., 31 anos, em seu veículo VW POLO. Em UNAÍ procurou uma oficina e combinou com o proprietário uma vistoria, tendo o LUIZ pedido para que uma pessoa de nome AUDERICO se deslocasse até a oficina com o veículo, A. C. F contou que após a avaliação do mecânico decidiu pela compra do automóvel.

A vítima foi orientada por LUIZ a dizer que o veículo seria entregue referente ao pagamento de uma dívida caso questionado por seu cunhado e que AUDERICO com ele até MURILLO, proprietário do veículo, porque o documento havia sido preenchido errado e o veículo não havia sido transferido para o nome de AUDERICO.

A. C. F. 34 anos, deslocou juntamente com AUDERICO até um despachante e preencheram o CRV com seus dados; que então foram até o cartório para reconhecer firma das assinaturas e no deslocamento efetuou uma transferência bancária no valor de R$26.400,00 (vinte e seis mil e quatrocentos reais) para uma conta indicada por LUIZ, enviando o comprovante da transferência para ele.

A vítima contou que MURILLO compareceu ao cartório e assinou o CRV e foram reconhecidas as firmas em cartório; que no cartório não houve diálogo com AUDERICO e encerrados os trâmites do cartório, deslocaram até uma lanchonete para aguardar que LUIZ confirmasse o recebimento do dinheiro, para que fosse entregue a chave do veículo. Após cerca de uma hora, LUIZ confirmou a transferência e informou que AUDERICO lhe entregasse a chave.

MURILO relatou aos militares que publicou a venda do referido SAVEIRO no aplicativo de compras OLX a cerca de 10 dias; que um comprador se identificou pelo nome de LUIZ e disse que iria ficar com o veículo pelo valor anunciado e que o anúncio poderia ser retirado, pois seguiriam negociando pelo aplicativo WHATSAPP; que LUIZ disse que aguardaria o documento ficar pronto e que então iria buscar o veículo; que no dia 16/12/2021.

LUIZ informou ao MURILO que quem iria buscar o veículo seria um terceiro e que o carro seria passado como pagamento de um lote na cidade de MONTES CLAROS pelo valor de R$ 52.000,00 (cinquenta e dois mil reais); que LUIZ pediu sigilo quanto ao valor do veículo e também que afirmasse ser seu cunhado.

MURILO resolveu entregar o veículo e aguardar o pagamento por parte de LUIZ o qual já havia lhe enviado um comprovante de transferência bancária em nome de LUIZ MARCOS DE OLIVEIRA Banco do Brasil, agencia 5799-1 e conta 24599-2 no valor de R$ 45.000,00 (quarenta e cinco mil reais).

Quando tentou contato com LUIZ, já havia bloqueado e desligado o celular, momento em que desconfiou ter caído em um golpe. Diante do exposto o veículo foi apreendido e removido ao pátio e os envolvidos conduzidos a Delegacia de Polícia.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: