fbpx

Unaí — Homem é preso transportando gêneros alimentícios impróprios para o consumo humano em meio a ferragens

UniCesumar
Rua:Antônio Carlos, 200 – Centro – Tel: (38) 3561-3093

Produtos tinham como origem o estado do Ceará e seguiam para a cidade de São Paulo

Nesta segunda-feira (24), por volta das 07h40m, um policial militar ambiental à paisana que, ao se deslocar para o seu local de trabalho, visualizou um caminhão parado na avenida São João, tendo notado que havia na carroceria dele, diversas caixas de isopor junto a ferragens para construção civil. 

Por ter achado a situação suspeita e inusitada, acionou uma guarnição PM Ambiental que se encontrava de serviço, que compareceu ao local, onde abordou o veículo e seu condutor, ocasião que o condutor, um homem de 46 anos de idade, relatou que veículo estava carregado com ferragem para construção civil e com mais de 2mil kg de produtos de origem animal derivados do leite e carne. 

Os militares verificaram que os alimentos estavam indevidamente acondicionados em caixas de isopor.

O condutor do caminhão relatou que foi contratado para transportar os produtos alimentícios da cidade de Fortaleza-CE até a cidade de São Paulo/SP, onde seriam comercializados e ainda que os produtos foram acondicionados nas caixas para o transporte no dia 21 do corrente mês e que chegariam ao destino amanhã (25).

A carga continha:
1700 kg de queijo coalho
200 kg de carne de bode
80 kg de buchada de bode
50 potes de doce de leite
50 barras de doce de leite
30 garrafas de mel de abelha
40 kg de nata de leite (manteiga de garrafa)

Os produtos não possuam selo de inspeção Federal, rótulos de validade e procedência, bem como não eram acompanhados de documento fiscal.

A vigilância sanitária foi acionada, compareceu ao local, onde após analisar os produtos, emitiu um laudo dizendo que os produtos estavam impróprios para o consumo humano, sendo assim foram descartados no Aterro Sanitário Municipal.

O condutor do caminhão foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo, sendo conduzido à delegacia de Polícia Civil local.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: