fbpx

Encontrada uma aldeia perdida no local do mais infame massacre de clãs

Arqueólogos que escavaram a cena do mais infame massacre de clãs na história escocesa desenterraram partes de uma “aldeia perdida” no vale das Terras Altas de Glencoe.

O assentamento apareceu no massacre de 1692 do clã MacDonald de Glencoe, supostamente porque não tinham jurado lealdade ao rei Guilherme III. Derek Alexander, diretor da arqueologia do National Trust for Scotland (NTS), disse que as escavações descobriram os restos de construções do pequeno município de Achtriochtan, um dos três principais assentamentos ao longo do vale que está agora abandonado.

Os três municípios, cada um com menos de uma dúzia de edifícios, estão marcados num mapa militar do vale feito na década de 1750. “É provável que estes tenham sido os assentamentos, embora o massacre tenha sido 60 anos antes”, disse Derek Alexander ao Live Science.

Habitantes do Achtriochtan estavam entre aqueles “contra a espada” em fevereiro de 1692, quando soldados do clã Campbell, que foram alojados em casas MacDonald em Glencoe durante quase duas semanas, receberam ordens para matar os seus anfitriões.

Testemunhas disseram que 38 homens do clã McDonald foram mortos e dezenas de outros, incluindo mulheres e crianças, fugiram para as montanhas e cordilheiras circundantes. Lá, muitos morreram devido à exposição à neve e ao clima de inverno.

O massacre levou a um inquérito parlamentar e à demissão de alguns líderes políticos escoceses. Diz-se que o evento também inspirou a cena do “Casamento Vermelho” da série televisiva “Game of Thrones”, segundo o Smithsonian.

Os arqueólogos do NTS iniciaram as suas escavações nos vilarejos enterrados em Glencoe no ano passado, na esperança de encontrar evidências materiais relacionadas com o massacre de 1692 e a qualquer ocupação subsequente do vale das Highlands.

Alexander disse que as últimas escavações concentraram-se nos restos enterrados de uma única casa em Achtriochtan, uma com cerca de 13 metros de comprimento por seis metros de largura e que poderia ter sido o lar de uma grande família.

Acredita-se que as paredes de pedra da casa, que tinham até um metro de largura, fossem cobertas por uma camada de relva. Isto teria sido feito para isolar as casas e torná-las capazes de suportar o clima da montanha.

As investigações foram prejudicadas porque pouco resta das paredes de pedra da casa, embora o seu piso de pedra permaneça. Pedra das paredes pode ter sido usada para construir a estrada através do vale e, possivelmente, mais tarde, edifícios agrícolas.

O massacre de Glencoe em 1692 é infame na história escocesa, mas muitos MacDonalds sobreviveram e reocuparam os municípios do vale, incluindo Achtriochtan. Vários MacDonald de Glencoe apareceram no rol de líderes do exército rebelde de Charles Edward Stuart, conhecido como Bonnie Prince Charlie, que tentou fazer com que a sua família voltasse ao trono britânico na ascensão jacobita de 1745 – mas não conseguiu.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: