fbpx

Plano de saúde e hospital são condenados por negarem parto seguro

Ambos terão que pagar R$ 100 mil de indenização para mãe da criança

Imagine a seguinte situação: uma gestante entra em trabalho de parto e corre para um hospital que atende ao plano de saúde dela. A situação do bebê é de risco. O problema é que a assistência para o parto não fazia parte da modalidade coberta pelo plano e, por isso, o atendimento foi negado. Isso ocorreu de verdade.

Felizmente mãe e criança ficaram bem. Mas, a operadora Notre Dame Intermédica Saúde e a Associação Médica Espírita Cristã foram condenadas a pagar, juntas, R$ 100 mil de indenização por danos morais.

A advogada Alexandra Moreschi é especialista em direito médico e avalia que a negativa do atendimento médico trouxe risco de morte à mãe e ao bebê.

O plano e o hospital tinham sido condenados no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e recorreram. Agora, a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça manteve as condenações.

Na decisão, os ministros do STJ afirmaram que, em casos de grande risco, o direito à saúde deve prevalecer. É o que está previsto na Lei dos Planos de Saúde, em vigor desde 1998.

A advogada Alexandra Moreschi avalia que a decisão pode beneficiar outras pessoas que precisem de atendimento de urgência ou emergência.

No recurso especial julgado no STJ, a empresa alegou que a paciente contratou o plano de saúde apenas no segmento hospitalar, sem cobertura de despesas com atendimento obstétrico. Com esse argumento, pediu que a corte não a responsabilizasse. Esse pedido foi rejeitado. Já o recurso do hospital não foi sequer recebido pela justiça.

Mais informações no programa “Impacto Notícias”, a partir das 11Hrs. Acompanhe pelo link https://sputnikvozdopovo.com.br/sertafm e também pela SertaFM 101,5.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). – https://linktr.ee/JefersonSputnik – Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

#hospital #doctor #medical #covid #medicine #nurse #health #healthcare #doctors #surgery #medicina #coronavirus #medico #surgeon #nursing #nurselife #clinica #salud #o #medstudent #medicalstudent #nurses #a #love #medschool #bhfyp #saude #enfermagem #medicos #medlife

Comentários

%d blogueiros gostam disto: