fbpx

Empresario é assassinado a tiros após discussão com sócio de barraca de festa em Vazante

Homem é assassinado a tiros após discussão com sócio de barraca de festa em Vazante

Testemunhas disseram que o suspeito estava tentando pegar uma pochete da vítima, que quando tentou fugir, foi atingida pelos disparos.

Um homem de 30 anos foi assassinado a tiros no Centro de Vazante, no Noroeste de Minas, na noite de terça-feira (3). O suspeito do crime é sócio da vítima e trabalhava junto com ela em uma barraca na Festa da Lapa.

Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas disseram que os dois estavam discutindo e que o suspeito estava tentando pegar um pochete da vítima, que segurava firme o objeto.

Em determinado momento, a vítima conseguiu sair correndo, mas o sócio pegou uma arma e atirou 5 vezes contra ela, que caiu no chão.

Ainda conforme a PM, o suspeito fugiu do local. Algumas pessoas que estavam próximas foram até a vítima e perceberam que ela já estava morta.

Após a chegada dos militares e o trabalho da perícia, foram encontrados uma máquina de passar cartão e R$ 5.292 em dinheiro na pochete.

A vítima foi atingida com dois tiros na região dorsal e um tiro nas costas, no glúteo e na perna. O corpo foi liberado para a funerária responsável. Em relação ao suspeito, a PM não conseguiu localizá-lo e prendê-lo. As buscas seguem sendo feitas.

Conforme à PM, a vítima morava em Brasília-DF, mas é natural de Paracatu, onde residem parentes. Ele tinha passagem por furto.

Mais informações no programa “Impacto Notícias”, a partir das 11Hrs. Acompanhe pelo link https://sputnikvozdopovo.com.br/sertafm e também pela SertaFM 101,5.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: