fbpx

TSE assina acordo com plataformas para combater as fakenews

Google, Instagram, WhatsApp, Facebook assinaram acordo com o tribunal

A Justiça Eleitoral assinou, nessa última terça-feira, acordos com plataformas digitais para combater a desinformação nas eleições de 2022.

As empresas Google, Instagram, Whatsapp, Facebook, TikToK, Twitter e Kwai assinaram um documento se comprometendo a combater a disseminação de notícias falsas, como destacou o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso.

Entre as medidas adotadas pelas plataformas estão: divulgar os canais oficiais do TSE sobre as eleições, emitir alertas em caso de notícias que não foram checadas e reduzir o alcance ou retirar da rede postagens ou informações que violem as políticas da rede social.

Empresas como Youtube, TiKToK e Whatsapp trabalham ainda com agências de checagem para verificar informações consideradas suspeitas. Instagram e Facebook também usam esse modelo, como destacou a chefe de políticas públicas das plataformas, Natália Pávia.

Já o representante do Whatsapp Dário Durigan afirmou que a eleição brasileira é a mais importante de 2022 para a plataforma e que a empresa tem trabalhado para banir perfis que promovem disparos em massa.

O representante do Whatsapp também reconheceu que ainda existem empresas oferecendo serviços ilegais de disparo em massa para partidos e candidatos.

O TSE informou ainda que está em contato com o Linkedin para incluí-lo nos acordos.

Em relação ao Telegram, o TSE enviou um ofício em dezembro para o representante da plataforma, mas não conseguiu contato. Em nota, o tribunal afirmou que estuda internamente medidas que podem ser tomadas em relação a esse aplicativo.

Mais informações no programa “Impacto Notícias”, a partir das 11Hrs. Acompanhe pelo link https://sputnikvozdopovo.com.br/sertafm e também pela SertaFM 101,5.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: