Eu vivia de entregar móveis e hoje ganho a vida vendendo iogurte

Leonardo, pinheirense, 30 anos, contou a nossa equipe de reportagem sobre como sua vida mudou, depois que começou a trabalhar com vendas de iogurte em João Pinheiro. Veja a entrevista.

P: Quando você percebeu que o investimento valeria a pena?

R: Quando faturei R$ 700 na primeira venda, vi que esse negócio ia mudar a minha vida.

P: No outro serviço que você trabalha, estava conseguindo cumprir com as obrigações?

R: Não adiantava: por mais que eu me dedicasse me desdobrasse em bicos, não conseguia sobrar nada no final do mês.

P: Como você entrou no ramo dos iogurtes?

R: Uma pessoa deixou um panfleto sobre vendas de iogurte lá em casa. Ficou esquecido num canto por uns bons meses, até que um dia reencontrei e resolvi saber direito do que se tratava. Liguei para o número impresso no papel e descobri que o esquema era igual ao dos outros produtos de revendas: eu anotaria os pedidos e pedia os kits de iogurte que os clientes escolhiam – há três tipos de sabores – para um distribuidor, que mandava os pedidos, eu receberia e entregaria.

P: Aceitou o desafio?

R: Sim, resolvi tentar e, logo na primeira semana, vendi 38 kits! Ofereci na vizinhança inteira, para amigos, familiares e todo mundo que eu encontrava, fiquei de segunda a sexta-feira oferecendo os produtos. Como cada um custa de R$ 27 a R$ 30, ganhei cerca de R$ 1.090! É que iogurte as pessoas compram por impulso. Já cosmético e outros produtos elas pensam mais. Vesti a camisa e virei um representante.

P: Hoje qual a sua situação?

R: Virei “padrinho” e agora eu passei a gerenciar vendedores.

“Acredita que no começo eu não gostei muito da ideia? Eu não queria ficar de casa em casa levando os produtos para clientes! Sem falar que algumas pessoas não enxergavam isso como um investimento, algo que poderia vim a ser uma renda de uma casa, sendo assim eu entrei tratando a situação como um passatempo. Acho que porque sou teimoso, não dei ouvidos e segui com os meus iogurtes. Vendedor bom que sou, tirava R$ 2 mil reais fácil”.

P: Quanto consegui tirar por mês somente com os iogurtes?

R: Hoje, ganho entre R$ 3.500 e R$ 4 mil com os iogurtes! Tenho quase 400 clientes e gerencio dezenas de vendedores.

“É um dinheiro tão garantido que já me faz enxerga novos horizontes! Incrível como um punhado de iogurtes transformou a minha vida! E pode transformar a vida de outras pessoas também”. Afirmou Leonardo.

Leonardo Araújo de Souza, 30 anos, é pinheirense, representante Nata Branca, trabalha com Pacotes de 40 Unidades, R$30, acima de 10 pacotes, com preço de atacado.

Também trabalha com distribuição com preço especial para supermercados, mercearias, lanchonetes, padarias e quitandas.

Para quem quiser retirada na sede, valor do pacote sai a R$28, pacote, você pode estar indo até a rua – João da Costa – nº 880 – Primavera – João Pinheiro. Para fazer a retirada e comprar com preço especial, ou ligar para o Contado (38) 9.9892-0522, e ele levará o iogurte até você.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: