fbpx

Um ano depois, caso Adriana continua sem solução em João Pinheiro

Investigações do desaparecimento não avançam e familiares relatam a angústia da espera por respostas.

Um ano se passou desde o conturbado dia 27 de fevereiro de 2019, quando Adriana Aparecida Gonçalves de Oliveira de 43 anos, saiu de João Pinheiro com destino a Patos de Minas. De acordo com relatos de um dos filhos de Adriana, ela teria pegado uma carona em João Pinheiro,que possivelmente teria como destino a cidade de Patos de Minas, mas nunca mais apareceu e nem uma noticia se teve dela.

O filho de Adriana, entrou em contato por diversas vezes com nossa equipe de reportagem pedindo apoio no caso, onde o mesmo clama por respostas sobre o que pode ter acontecido com a mãe.

Clamor de Um filho

“PEÇO A TODOS QUE VENHA A LER ESTA MATÉRIA QUE NOS AJUDE! ESTAMOS A PROCURA DE NOSSA MÃE ADRIANA APARECIDA GONÇALVES DE OLIVEIRA, QUE ESTA DESAPARECIDA DESDE O MÊS DE FEVEREIRO DE 2019, COMPLETANDO AGORA UM ANO, E CONTINUAMOS SEM, NOTICIA ALGUMA SOBRE O CASO. PEDIMOS A VOCÊ QUE POSSA SABER QUALQUER INFORMAÇÃO QUE SEJA NOS REPASSE. SUA IDENTIDADE NÃO SERA DIVULGADA. QUE DEUS ABENÇOES A TODOS E DEIXO O WHATSAPP PARA QUEM TIVER QUALQUER INFORMAÇÃO (34) 9-9668-1916″.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: