fbpx

Justiça determina tornozeleira para quem atrasa pensão

Decisão de prisão com monitoramento contou com parecer favorável do Ministério Público de MG

Uma decisão do TJMG determina que pais em débito com o pagamento de pensão alimentícia cumpram prisão domiciliar com monitoramento por tornozeleira eletrônica. Quem explica é o desembargador Luís Carlos Gambogi.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: