fbpx

João Pinheiro — Idosa de 65 anos, aparece com pescoço cortado no bairro, Água Limpa

A polícia Militar compareceu na Manoel Silveira Vasconcelos, no Bairro Água Limpa, onde foram informados por testemunhas que uma senhora de 65 anos, apareceu na residência deles com uma faca nas mãos, enrolada em uma camisola, apresentando um corte no pescoço e vários ferimentos na cabeça, onde ela pedia para não deixá-la morrer. Uma das testemunhas, perguntou a vítima o que tinha acontecido com ela, esta disse que seria ladrão e que sabia quem era.

A vítima foi socorrida até o Hospital Santana, onde uma equipe de militares fez contato com ela. A vítima foi autorizada pela médica que fez o atendimento e os procedimentos necessários a falar com os militares sobre o ocorrido, porem ela não quis falar nada.

A polícia militar então deslocaram até a residência da vítima local apontado como sendo o cenário do acontecido, chegando no local entraram acompanhados das testemunhas, onde depararam com o local sem sinais de arrombamento, manchas de sangue eram visíveis no chão do banheiro respingando em direção a cozinha, as portas do guarda-roupas estava aberta, contudo, sem estarem reviradas, sobre a cama havia uma faca sem marcas de sangue, e uma carteira aberta/vazia, pertencente a vítima. Na área de entrada da varanda da residência apesar de estar chovendo muito no momento, não havia marcas nem pisadas de pessoas entrando na casa, no muro lateral da casa havia marcas possivelmente provenientes de algum calçado, a residência estava arrumada e sem sinais de briga, dentro do banheiro, onde havia maior rastro de sangue não havia sinais de luta.

Os militares em contato com familiares da vítima, foram informados que a vítima não possui nenhum tipo de relacionamento amoroso, e que ela já teve problemas de depressão.

A vítima foi encaminhada ao bloco cirúrgico, porem estava consciente e a princípio não corria risco de morte.

Foi apreendida uma (faca) tipo, peixeira de aproximadamente 20 cm de lâmina, a qual estava enrolada em um lençol.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: