fbpx

Operação sonho interrompido com participação da polícia civil de João Pinheiro prendeu três pessoas

A operação “Sonho Interrompido” realizada na manhã da última quinta-feira (21) por intermédio da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Paracatu contou com a presença de 27 policiais civis de Paracatu, Vazante e João Pinheiro.

A operação tem como combate à prática de crimes por menores, e a repressão de crimes de violência contra mulheres. No total foram cumpridos 09 nove mandados de busca e apreensão e 03 mandados de prisão em desfavor de indivíduos que cometeram crimes descritos na Lei Maria da Penha, sendo 02 prisões em Paracatu e 01 em Brasilândia de Minas.

A operação “Sonho Interrompido” foi deflagrada em todo Estado de Minas Gerais.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: