fbpx

Funcionário de terceirizada da Cemig leva choque e fica 60% do corpo queimado

Homem de 42 anos teve aproximadamente 60% do corpo queimado, mas ficou consciente durante todo o atendimento

FONTE: O TEMPO

Um homem, de 42 anos, que trabalha para uma empresa que presta serviços para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) foi eletrocutado na tarde desse sábado (31), quando estava em cima de um poste em Ipatinga, no Vale do Aço.

O trabalhador ficou pendurado pelos seus equipamentos de segurança após levar o choque na fiação. O acidente aconteceu na rua Tóquio, no bairro Bethânia.

Segundo o Corpo de Bombeiros (CBMMG), a corporação foi acionada por volta de 15h24. Ao chegarem no local, os militares solicitaram à Cemig que a rede elétrica da região fosse desligada para a realização dos primeiros socorros.

Os bombeiros disseram que a vítima teve queimaduras graves e estimam que 60% de seu corpo foi queimado. O homem permaneceu consciente durante todo o atendimento, mas desorientado. Foi solicitado o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou o funcionário para o hospital.

A Cemig informou que está apurando as circunstâncias do acidente, e que enviou um técnico no local para apurar o que aconteceu.

A Engelmig, empresa que o homem é funcionário, informou que lamenta o ocorrido e que está prestando apoio à vítima e à sua família.  “A Engelmig, desde o primeiro momento, tem garantido o melhor atendimento possível ao colaborador, bem como a melhor assistência à família (inclusive disponibilizando uma assistente social para acompanhamento presencial)”.

A empresa também afirmou que está apurando as causas do acidente de trabalho. “A Engelmig designou uma comissão para análise do acidente, que está reunida para desenvolver o trabalho”, diz a nota emitida pela empresa, que é terceirizada da Cemig.

Veja o resgate…

REPRODUÇÃO: WHATSAPP

Comentários

%d blogueiros gostam disto: