SEXTA-FEIRA 13: Porque sexta-feira treze é considerado dia do terror?

Descubra onde surgiu a crença da má sorte na sexta-feira 13

Crenças religiões, superstições e mitos rondam a sexta-feira 13. Aqui, você descobrirá de onde surgiu essa ideia

Superstições, crenças e mitos rondam a SEXTA-FEIRA 13. Segundo a crença popular, esta é uma data azar e até mesmo assombrada. Mas você sabe de onde surgiu essa ideia perpetuada a tanto tempo? 

RELIGIÃO x SEXTA-FEIRA 13

religião tem uma parcela de influência sobre a crença em torno da sexta-feira 13. Os relatos aponta que Jesus Cristo foi perseguido antes da crucificação, que aconteceu em uma sexta-feira.

Outro fator religioso que influenciou a teoria está relacionada com o número de presentes no último evento de Jesus antes dele ser morto pelos judeus. A última ceia contava com ele e os 12 apóstolos, somando 13 participantes.

HISTÓRIA X SEXTA-FEIRA 13

A teoria em torno da sexta-feira 13 também se fundamenta em alguns acontecimentos históricos.

No século XIV, o então rei da França Filipe IV teria considerado ilegal a ordem dos Cavaleiros Templários, um exército de monges que protegiam os peregrinos. Eles mais tarde foram acusados de heresia.

Na sexta-feira, dia 13 de outubro de 1307, o rei teria decretado que os membros fossem torturados e presos, o que acabou em uma série de mortes. Os fatos teriam levado muitos a considerar a data como amaldiçoada.

Mitologia nórdica

A mitologia nórdica também teria influenciado a crença da sexta-feira 13. Conforme a mitologia, Loki, filho de Odin, teria aparecido de surpresa durante um banquete para 12 participantes, realizado no Valhala, morada dos deuses.

Indignado por não ter sido convidado, Loki teria feito o irmão cego, Hoder, a matar Balder, um deus querido por todos. Com a morte dele, uma grande tristeza se instaurou entre as divindades.

Diante disto, muitas possas passaram a considerar que 13 pessoas a mesa é sinônimo de azar.

A cristianização dos povos bárbaros também teria relação com o mito da sexta-feira 13. Esses povos invadiram a Europa no começo do período medieval e, antes da conversão, eram politeístas.

Durante a conversão, eles passaram a acreditar que Friga, deusa da beleza e do amor, era uma bruxa que todas as sextas-feiras se reunia com 11 feiticeiras e o demônio para rogar pragas, somando 13 pessoas. Com isso, passaram a amaldiçoar deusa.

CINEMA X SEXTA-FEIRA 13

Vários filmes e séries de terror falam sobre as superstições da sexta-feira 13.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: