fbpx

Auxílio gás começa a ser pago nesta terça-feira: Valor inicial será de R$ 52

O auxílio gás de R$ 52 começou a ser pago pelo governo federal, nesta terça-feira (18), para amenizar os efeitos da pandemia. São 5,47 milhões de famílias no país, em situação de vulnerabilidade social recebendo o benefício.

Lembrando que em dezembro do ano passado, já receberam o auxílio 108 mil pessoas residentes em municípios afetados pelas chuvas na Bahia e em Minas Gerais. Aliás, o ministro da Cidadania, João Roma, entrevistado ontem pelo programa Sem Censura, da TV Brasil, falou sobre o assunto.

O valor inicial, como disse o ministro João Roma, será de R$ 52, o que corresponde a 50% da média do preço do botijão de gás de 13 quilos.

O dinheiro será creditado de acordo com o NIS, Número de Identificação Social dos beneficiários, até 31 de janeiro. O governo está investindo, neste mês, quase R$ 285 milhões nos pagamentos.

Não é necessário realizar inscrição para receber o benefício. As famílias foram selecionadas pelo Ministério da Cidadania, de acordo com os critérios do programa.

Os cartões utilizados para o saque do Auxílio Brasil poderão ser utilizados para o recebimento do auxílio gás. O saque poderá ser feito nas agências da Caixa, nas casas lotéricas, e nos correspondentes bancários Caixa Aqui.

A consulta ao benefício pode ser feita pelos aplicativos Auxílio Brasil e Caixa Tem, além do telefone 111.

Mais informações no programa “Impacto Notícias”, a partir das 11Hrs. Acompanhe pelo link https://sputnikvozdopovo.com.br/sertafm e também pela SertaFM 101,5.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: