Ação articulada pelo MPMG leva melhorias a comunidade quilombola no Vale do Rio Doce

Nesse último sábado, dia 17, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) retornou à comunidade quilombola do Moinho Velho, localizada no muncípio de Senhora do Porto, no Vale do Rio Doce, para prestar contas e apresentar os resultados das primeiras ações desenvolvidas em benefício da comunidade.

Os serviços levados aos moradores são resultado de uma atuação articulada entre o MPMG, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Guanhães, com o apoio da Coordenadoria de Inclusão e Mobilização Sociais (CIMOS), a prefeitura muncipal e a Emater, apoiados pelas polícias Militar e Civil.

A definição das melhorias a serem implementadas partiu de escuta popular realizada em dezembro de 2020, quando o promotor de Justiça Luciano Sotero visitou a comunidade para ouvir as demandas das famílias.

À época, os moradores apresentaram os seus problemas e deram informações importantes para a efetivação de políticas públicas na área da saúde, infância e juventude, educação, habitação, saneamento e segurança pública.

Nesse sábado, foi levada uma caixa d’água que será instalada no alto de um morro para prover água potável às moradias do qilombo, um verdadeiro patrimônio cultural de Minas Gerais.

Luciano Sotero revela que os próximos projetos incluem a criação de hortas comunitárias, a construção de fossas sépticas, de um espaço cultural, de caixas d’água, o inventariado do patrimônio cultural e artístico da comunidade, além da construção de áreas de lazer, de pontes e do patrolamento de estradas. Também está prevista a regularização fundiária e a demarcação das terras do quilombo.

Nesta comunidade, vive a senhora Patrocínia Faustina de Lima, que tem 106 anos de idade. Ela e os demais moradores receberam os visitantes com a típica hospitalidade dos mineiros das comunidades quilombolas, com danças, cantos e muita comida.

Comentários

Copiar com CTRL-C - A republicação é gratuita desde que citada a fonte.
Publicar textos sem dar créditos ao autor é considerado crime

artigo 7º da Lei do direito autoral.

Conteúdo da Editora de Jornal Diário Sputnik Voz do Povo

%d blogueiros gostam disto: