Moradores de rua agridem dono de Lanchonete e clientes em Paracatu

Dono de Lanchonete e um cliente foram agredidos por moradores de rua em lanchonete, após pedir que eles saíssem do estabelecimento por não fazerem uso de máscara de proteção devido a covid-19 em Paracatu

O caso aconteceu nessa última terça-feira (20), por volta de 20h42min, a polícia militar PM, foi acionada via 190, para um pedido de socorro em uma lanchonete que fica localizada na Av. Olegário Maciel, bairro centro, onde estaria ocorrendo agressões ao proprietário do estabelecimento.

Imediatamente os policiais foram para o local onde depararam com dois indivíduos correndo pela praça Firmina Santana e fugindo sentido à agência da Caixa Econômica Federal. As viaturas do turno realizaram o cerco e conseguiram abordar os dois homens de 32 e 28 anos.

Em contato com a vítima, o homem de 41 anos, proprietário da lanchonete, ele relatou aos militares que os autores chegaram no estabelecimento sem máscaras de proteção contra Covid-19, e ao solicitar que os indivíduos se retirassem do local, eles o ameaçaram, começou uma discussão e os indivíduos quebraram o balcão de vidro do estabelecimento, jogaram o computador do caixa no chão e agrediram o comerciante com uma cadeira causando uma lesão na mão da vítima.

Os autores ainda pegaram pedaços de vidros do balcão que quebraram e uma garrafa de cerveja e atiraram contra a vítima.

Um homem de 28 anos tentou defender o comerciante foi agredido com um soco na cabeça e caiu ao solo, sofrendo escoriações nos braços.

Os autores são moradores de rua e estavam dormindo na praça Firmina Santana. Eles foram, presos e conduzidos para a delegacia pelos crimes de lesão corporal, dano e ameaça.

Comentários

Copiar com CTRL-C - A republicação é gratuita desde que citada a fonte.
Publicar textos sem dar créditos ao autor é considerado crime

artigo 7º da Lei do direito autoral.

Conteúdo da Editora de Jornal Diário Sputnik Voz do Povo

%d blogueiros gostam disto: