fbpx

Patrão atira com arma de fogo em funcionário por causa de direitos trabalhistas em João Pinheiro

A Polícia Militar foi solicitada a comparecer na Unidade de Pronto Atendimento — UPA, onde deu entrada um paciente, vítima de disparo de arma de fogo, um homem de, 39
anos, que trabalhava no lavador de caminhão do autor A.F.M, de 65 anos, há aproximadamente 7 meses, e que na semana passada houve um desentendimento entre os dois em relação ao serviço, e que ficou acertado que a vítima iria embora do lavador na data desta quarta-feira (15), tendo em vista que ele trabalha e mora no lavador. 

Ainda de acordo a vítima, na manhã de terça-feira ele estava as margens da RODOVIA MG 181, para tentar carona e providenciar condução para buscar seus pertences no lavador, momento em que o autor, chegou até ele em um veículo RENAULT CLIO, de cor prata, e questionou onde a vítima iria. Diante da pergunta a vítima respondeu ao autor que estava procurando carona, pois, ele não tinha dinheiro nem para pagar mototáxi, e que queria acertar logo seus direitos trabalhistas, pois, precisava do dinheiro, motivo pelo qual o autor ficou nervoso e começou a discutir com a vítima, e que em certo momento o autor de dentro do carro, sacou uma arma de fogo, apontou em direção as pernas da vítima e disparou uma vez, vindo a atingi-lo na perna esquerda, na altura da “canela”. A vítima relatou que após o disparo a autor evadiu, de carro, do local. A vítima foi socorrida por terceiros até a UPA, onde foi atendido.

A polícia realizou rastreamento, porém, até o momento o autor não foi encontrado.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: