fbpx

Polícia Militar prende autor de homicídio em Lagoa Grande e localiza arma usada no crime

Éder Mariano de Castro suspeito de cometer homicídio contra Edifani Pereira dos Santos, 49 anos, foi preso em Lagoa Grande. O crime ocorreu na quinta-feira (20), na zona rural de Vazante.

A polícia militar (PM), foi acionada pela irmã da vítima, que informou que o irmão havia sido assassinado. A vítima identificada como sendo senhor “EDIFANE PEREIRA DOS SANTOS”, de 48 anos, foi assassinada na “FAZENDA SANTA CATARINA”, pelo autor de 27 anos. A polícia militar compareceu ao local e depararam com o corpo da vítima na posição, decúbito ventral e, visivelmente com um disparo de arma de fogo acima da nuca. De posse das informações e da constatação do crime, os militares iniciaram buscas no intuito da captura do suposto autor.

Informações davam conta de que o autor teria deslocado para o município de “LAGOA GRANDE”.

Ao chegarem em LAGOA GRANDE, os policiais tiveram a informação de que o autor estaria na fazenda em que seu irmão trabalha.

Continuando o rastreamento, chegaram até à casa do irmão do autor, que informou que esteve com ele, no período da tarde, e que este havia lhe declarado que matou o EDIFANE na FAZENDA SANTA CATARINA. O irmão do autor também informou que o autor teria confessado que matou EDIFANE, após uma discussão em que a vítima foi ao encontro do autor de posse de uma faca e este disparou contra sua face e, após a vítima ter caído ao solo, o autor deu outro disparo com o cano da arma, posicionado acima da nuca da vítima. O irmão também informou que o autor estaria escondido na casa de seu tio, se prontificando a estar levando a equipe policial até o local em que o autor estaria. Ao chegar no local em que o autor estava, este, ao visualizar que se aproximava um veículo da sede da fazenda, implantou fuga, se escondendo na mata. Iniciou-se, desde este momento, incansáveis buscas na mata, com o objetivo de capturar o autor, contudo, devido ao horário noturno e a falta de luzes artificiais e naturais, os militares mantiveram o cerco do local e fizeram patrulhamento nas imediações onde o autor pudesse ser encontrado.

Equipes policiais das cidades de VAZANTE e LAGAMAR mantiveram o rastreamento e munidos de informações que chegavam a todo momento, referentes ao autor, mantinham os policiais posicionados em pontos estratégicos.

Em diligências, obtiveram a informação de que a arma que o autor havia utilizado no homicídio, estaria na cidade de LAGOA GRANDE em posse do senhor, que seria amigo/primo do autor.

Uma equipe policial deslocou até a cidade de LAGOA GRANDE, a fim de localizar a arma de fogo, e um militar manteve-se escondido no mato, fiscalizando a fazenda em que o autor se encontrava. Ao chegar em LAGOA GRANDE, no local em que se encontrava a arma do crime, manteve-se contato com a senhora dona da casa a autorizou os militares entrarem na residência e após buscas no lote, encontraram uma espingarda cartucheira e apetrechos (chumbada, espoleta e pólvora) escondidos debaixo de folhas de árvores.

Na fazenda onde o policial se mantinha escondido na mata em busca de surpreender o autor do crime, em determinado momento visualizou o autor chegar e manter contato com os moradores. Neste momento em que o militar, usando de técnicas de rastejo e disciplina de luz e som, aproximou-se da sede da fazenda e capturou o autor, dando voz de prisão.
Não houve resistência do autor e com este foi encontrado dois aparelhos celulares, sendo um de sua propriedade e outro da vítima, o qual foi subtraído após o autor matar a vítima.

Diante dos fatos, o autor foi preso e conduzido à Delegacia, juntamente com o material apreendido.

O preso e os materiais apreendidos foram encaminhados para a cidade de Paracatu.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: