fbpx

Polêmica em João Pinheiro envolvendo comerciante é cantores da região

Comerciante de João Pinheiro, provocou revolta dos músicos locais ao dizer em áudio que cobraria dos cantores para se apresentarem no seu estabelecimento em João Pinheiro.

A revolta se deu por causa de um áudio que circulou em grupos de WhatsApp, onde um dos proprietários do Kabana drinks e pizzaria, Eduardo Muela, fala em adotar uma prática de cobranças para que os cantores possam se apresentar na casa noturna. No áudio ele fala que vai fazer como é feito em Goiânia-GO, onde os cantores de acordo com ele, pagam para se apresentar em bares e casas noturnas para mostrarem seus talentos, onde de acordo com ele é feito uma cobrança aos artistas e que a partir do ano que vem passaria a cobrar dos artistas para se apresentarem no seu estabelecimento, o valor seria de R$ 350,00, por (2) dias, de apresentação no local.

Os cantores se revoltaram com as palavras do empresário e repudiaram a atitude, inclusive um áudio que supostamente foi gravado pelo cantor Sertanejo Leonardo, foi passado aos cantores em repúdio a atitude do empresário e apoio aos cantores de João Pinheiro. Veja o Áudio.

O cantor Suel Freitas, gravou um vídeo de repudio ao acontecido. Veja…

Nossa equipe de reportagem procurou o empresário que se justificou dizendo que teria sido uma brincadeira feita com uma pessoa através do WhatsApp, e que de forma maldosa o áudio foi divulgado e repassado aos cantores locais. Ele gravou um vídeo se retratando da situação polêmica. Veja…

O cantor Betynho Silva (Os Boêmios ) se manifestou sobre cobranças aos cantores de João Pinheiro

Comentários

%d blogueiros gostam disto: