fbpx

MPMG realiza acordo de não persecução penal com mulher que fez falsa acusação de violência doméstica

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Vespasiano, realizou acordo de não persecução penal com uma mulher que havia acusado falsamente o companheiro da prática de violência doméstica. 

A mulher havia acionado a Polícia Militar para relatar que fora agredida e ameaçada pelo companheiro, o qual foi preso em flagrante e permaneceu recolhido em estabelecimento prisional até receber a liberdade provisória. O homem foi denunciado, mas, durante o processo, a mulher confessou que a acusação era falsa e que havia procedido dessa forma por ter se irritado com o companheiro. 

Diante disso, a 4ª Promotoria de Justiça de Vespasiano instaurou procedimento investigatório criminal contra a mulher pelo crime de denunciação caluniosa. Como se tratava de investigada primária e sem maus antecedentes, foi realizado acordo de não persecução penal, pelo qual ela efetuou o pagamento de indenização pelo dano moral coletivo no valor de R$ 3.000, destinado ao Conselho Comunitário de Segurança Pública de Vespasiano, uma vez que se trata de crime cometido contra a administração da Justiça, bem jurídico difuso, cuja tutela é de interesse de toda a coletividade. 

Mais informações no programa “Impacto Notícias”, a partir das 11Hrs. Acompanhe pelo link https://sputnikvozdopovo.com.br/sertafm e também pela SertaFM 101,5.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). – https://linktr.ee/JefersonSputnik – Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: