PM flagra homem abusando de menina de 12 anos e mãe da criança também é presa por ser cúmplice em João Pinheiro

Em JOÃO PINHEIRO, 26Abr22, por volta das 00h14min, a “SOF” recebeu informações de que um veículo HILLUX, estava parado em um posto de combustível, as margens da BR-040, com 04 ocupantes, sendo dois homens, uma mulher e uma criança, e que um dos homens dialogava com a criança e demonstrava afeto por ela, mas ela demonstrava nervosismo e insatisfação.

Uma denúncia anônima informou que os suspeitos estavam indo sentido Rural Minas pela BR-040. Diante ao informado, uma guarnição conseguiu abordar o veículo a cerca de 2 km da cidade, sendo o indivíduo de 45 anos, condutor do veículo, na companhia de uma mulher de 30 anos, um homem de 40 anos, e da menor de 12 anos.

Os dois homens relataram que apanharam a mulher e a filha e foram para Rural Minas para tomar cerveja em algum bar, que não têm relação de parentesco com a menor e não realizaram qualquer contato físico com ela.

A mãe da criança confirmou a versão, acrescentou ainda que faz programa sexual, mas que não estava exercendo a atividade no momento.

A criança relatou que não houve qualquer tipo de abuso por parte dos homens, que já saiu com eles outras vezes, e que teria sido informada por eles que iriam para sorveteria.

Os militares informaram que a criança apresentava nervosismo e aparentava ter sido orientada pela mãe quanto a seus dizeres. Diante dos fatos, os abordados foram liberados e orientados a deixarem criança em casa junto da mãe.

Os militares desconfiados, posteriormente se deslocaram ao endereço da mulher, a fim de confirmar versões apresentadas e garantir integridade física dos envolvidos. No local, foi visualizado por uma fresta na porta que o homem de 45 anos estava em um quarto com a mulher e o homem de 40 anos estava em outro quarto com a menor. De acordo com o B.O, ele ao ver os policiais, saiu correndo do quarto, apenas de bermuda e suado.

A criança contou aos militares que o homem a levou para o quarto e passava a mão em todo o seu corpo, inclusive partes íntimas, sem o seu consentimento, e que ele só parou ao perceber a presença da polícia, relatando ainda que frequentemente saia com ele para bares e lanchonetes acompanhando sua mãe e que ele arcava com as despesas, sendo que sua mãe tem conhecimento dos contatos com o homem.

Confirmou ainda, que antes da primeira abordagem policial, enquanto se encontrava no posto, o homem a acariciou passando a mão em suas partes íntimas.

A equipe policial realizou contato com o Conselho Tutelar, apresentando os fatos e requisitando a presença deles, porém, a plantonista informou que não acompanharia a ocorrência porque demoraria acionar o motorista e, posteriormente, analisará a possibilidade de comparecer, caso necessite.

O autor foi preso pelo crime de estupro de vulnerável e a mãe da criança por ser conivente com a situação, ambos conduzidos para delegacia de policia Civil em Paracatu.

Obs: O SputniK Voz do Povo, foi procurado pela conselheira tutelar que fez um esclarecimento sobre o acionamento. Veja…

Informação retificada: A guarnição PM realizou contato com o conselho tutelar através do telefone de plantão para passar os fatos.

A plantonista Eny Sousa, passou orientações para que a genitora indicasse alguém da família, responsável pela criança e para acompanhá-los até Paracatu, porem a autora recusou e disse que não havia ninguém, a conselheira informou que estaria com disponibilidade de comparecer na Depol de Paracatu para buscar a menor, caso a mãe fosse autuada como autora

Mais informações no programa “Impacto Notícias”, a partir das 11Hrs. Acompanhe pelo link https://sputnikvozdopovo.com.br/sertafm e também pela SertaFM 101,5.

Gostou do nosso portal de notícias?

Então siga o canal do YouTubereceba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Noroeste Mineiro, clique em NOTÍCIAS Siga o jornalista Jeferson Sputnik no TwitterInstagram e Facebook.  Envie informações à redação do portal por e-mail: [email protected].

O conteúdo do Sputnik Voz do Povo é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: