PM apreende arma que vitimou uma criança de 05 anos em João Pinheiro

EMANUELLY ALMEIDA GOMES, 05 anos

A fatalidade aconteceu na noite do último sábado (20), logo os policiais militares foram acionados por volta das 20:20 horas, a comparecer ao Hospital Municipal de João Pinheiro, onde, segundo a solicitante, havia acabado de dar entrada uma criança de cinco anos, já sem vida, com um ferimento proveniente de arma de fogo.

No local, primeiramente foi feito contato com a médica que atendeu a criança e ela confirmou que a criança apresentava um ferimento por arma de fogo na região do tórax, e chegou sem sinais vitais, e mesmo assim, fizeram os procedimentos de reanimação, contudo sem sucesso.

As testemunhas relataram que estavam na chácara no Assentamento Vista Alegre em uma reunião familiar, sendo que duas crianças, um menino de 4 anos e uma menina de 5 anos, estavam na sala assistindo televisão e o restante das pessoas na cozinha; que por volta das 19:30 horas ouviram um barulho na sala, então saíram correndo para ver o que havia acontecido, e depararam com a menina de 5 anos, caída e ensanguentada no chão e a criança de 4 anos, com uma arma na mão. Imediatamente a criança foi socorrida para o hospital.

Em contato com o homem de 48 anos proprietário da residência, ele disse que havia saído para auxiliar um vizinho para rebocar o carro com defeito, razão pela qual não estava em casa no momento do fato.

Questionado, ele confirmou que possui uma arma tipo garrucha calibre 38 e que a guardava em uma gaveta da cômoda que fica em seu quarto, que sempre mantém a porta trancada, não sabendo informar como seu neto conseguiu apanhar a referida arma.

As equipes se deslocaram até a chácara onde ocorreu o fato e localizaram uma arma tipo garrucha calibre .22, no guarda-roupas que fica no quarto do homem, bem como algumas munições de calibres .22, .32 e .38 em uma gaveta da cômoda.

Em continuidade as buscas, e de acordo com as informações, a arma utilizada pela criança, uma garrucha .38 foi encontrada em um guarda-roupas no quarto de visitas, bem como a munição deflagrada, e algumas outras munições intactas do mesmo calibre. O perito compareceu e realizou os trabalhos.

O proprietário das armas foi conduzido para a delegacia juntamente com as armas e as munições apreendidas.

Comentários

Copiar com CTRL-C - A republicação é gratuita desde que citada a fonte.
Publicar textos sem dar créditos ao autor é considerado crime

artigo 7º da Lei do direito autoral.

Conteúdo da Editora de Jornal Diário Sputnik Voz do Povo

%d blogueiros gostam disto: