fbpx

Tecnologia da Epamig iniciada em João Pinheiro, possibilita produzir vinhos finos no Cerrado brasileiro

Dupla poda, técnica iniciada em João Pinheiro, segundo maior bioma do país produz uvas de alta qualidade

O Cerrado brasileiro é o segundo maior bioma do país e ocupa cerca de dois milhões de quilômetros quadrados em dez estados e no Distrito Federal. Território do agronegócio brasileiro de exportação, no Cerrado crescem 60% dos grãos de soja e milho. Mas a região também é adequada para a plantação de uvas para produção de vinho.

De acordo com a enóloga da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Isabela Peregrino, o ambiente do Cerrado é propício para uvas devido a características do solo arenoso e com boa drenagem, do clima e da amplitude térmica entre dia e noite. A produção de vinhos comuns no bioma, conhecidos como “vinhos de mesa”, existe desde os anos 1980, principalmente em Goiás. Porém, a introdução do método da “dupla poda”, técnica desenvolvida por Murilo Albuquerque, da Epamig, proporcionou a plantação e a colheita de uvas no local que dão origem a vinhos finos.

O destaque fica com a uva Syrah, variedade que mais se adequou à técnica ao longo de quase 20 anos de pesquisa. Só em 2006, a Epamig já havia produzido dez mil garrafas de vinho tinto Syrah no município de João Pinheiro (MG), no Vale do Paracatu. A dupla poda é o método adotado para produzir uma uva que, em condições naturais, não apresentaria a qualidade necessária para elaboração vinhos finos em determinadas regiões do Brasil. A tecnologia consiste na inversão do ciclo produtivo da videira, que altera para o inverno o período de colheita das uvas viníferas.

Isabela Peregrino explica que a videira recebe duas podas anuais e a colheita das uvas ocorre apenas no inverno. Segundo a pesquisadora, os primeiros projetos de vinhedos com utilização da dupla poda no Cerrado foram implantados em 2003 nos municípios de João Pinheiro (MG) e Pirapora (MG). Em seguida, a técnica foi adotada também por produtores de Goiás. Hoje, segundo ela, existem projetos que utilizam a dupla poda em vários municípios do Triângulo Mineiro, na região do Cerrado, como Patrocínio, Cruzeiro da Fortaleza, Patos de Minas, Araxá e Sacramento.

Fonte: Agência Minas

Comentários

%d blogueiros gostam disto: