fbpx

Com sangue nos olhos, Daryl enfrenta Alpha e fica por um triz em The Walking Dead

Em uma das cenas mais épicas de Walking Dead, Daryl (Norman Reedus) ficou frente a frente com a vilã Alpha (Samantha Morton) e travou uma batalha insana no décimo episódio da décima temporada do drama zumbi, exibido no domingo (1º). Com sangue nos olhos, o galã do apocalipse zumbi enfrentou a careca e ficou à beira da morte, sobreviveu por um triz.

O duelo entre o protagonista e a antagonista da série foi meticulosamente bem coreografado e deixou o telespectador extasiado. A luta começou nas margens de um rio, perto da caverna onde Magna (Nadia Hilker) e Connie (Lauren Ridloff) foram soterradas –e Daryl foi até lá para tentar resgatá-las. Mas Alpha estava no meio do caminho.

A fotografia e o jogo de câmeras se destacaram e não à toa nesse episódio, chamado de Stalker (Perseguidor). A direção ficou por conta de Bronwen Hughes, em seu primeiro trabalho em The Walking Dead. Ela tem chamado a atenção pelo seu estilo bem peculiar impresso em várias séries atuais da TV norte-americana, passando por atrações como Better Call Saul, na qual comandou o primeiro episódio da quinta temporada, recém-lançada na Netflix.

Especificamente para a luta entre Daryl e Alpha, a diretora usou um recurso bem interessante, que colocou o público na pele do mocinho. Para deixar claro que ele estava com sangue nos olhos, tanto figurativamente quanto no sentido literal, Bronwen manchou a lente da câmera de vermelho para mostrar o ponto de vista de Daryl ao digladiar com a vilã, após ser golpeado no rosto por ela.

Esta foi a visão ensanguentada do olhar de Daryl durante o confronto contra Alpha (ao fundo)

Esse detalhe deixou a cena mais épica ainda, pois o combate por si só já tinha seus ingredientes grandiosos. A situação ficou tão tensa que ambos os personagens passaram perrengues, feridos com gravidade. Daryl atravessou um de madeira no ombro de Alpha, enquanto a vilã cravou um punhal na coxa do galã.

Assim o episódio foi no limite para deixar o telespectador preocupado com uma possível morte dos dois. Daryl lutou contra três zumbis após conseguir fugir de Alpha e achar um abrigo. Para finalizar um deles, se deparou com uma única alternativa, que foi retirar o punhal da perna e desferir ele na cabeça do morto-vivo. Tal ação causou uma perda de sangue imensa na coxa, com o líquido vermelho jorrando da veia.

Porém não era a hora de morrer, nem de um nem do outro. The Walking Dead aproveitou para reintroduzir Lydia (Cassady McClincy), uma das melhores personagens dessa boa nova fase do drama zumbi. A filha de Alpha apareceu no meio dos dois e acabou escolhendo Daryl para salvar. Antes disso, teve um momento íntimo com a mãe, deixando claro que não seguiria seus passos para sucedê-la na liderança dos vilões Sussurradores. Lydia preferiu ficar do lado dos sobreviventes e não com quem se camufla de zumbis e perde a humanidade.

Isso se tornou um ponto-chave na atual temporada de Walking Dead. Traída pela própria filha, Alpha não cairá em si e baixará a guarda. Pelo contrário, ela se sente mais forte para acabar de vez com os inimigos sobreviventes, demonstrando uma intenção de não poupar nem Lydia, quebrando qualquer laço familiar. Ou seja, Alpha está disposta a tudo nessa guerra, custe o que custar. O que interessa é fazer os sobreviventes sangrarem.

Beta e Rosita quase morreram

Paralelamente a isso, o braço direito de Alpha também passou por maus bocados. Beta (Ryan Hurst) invadiu a comunidade de Alexandria para recapturar Gamma (Thora Birch) da prisão e trazê-la de volta para o QG dos Sussurradores. Ele sofreu nessa missão e quase morreu ao levar um tiro no peito, disparado pela fofa Judith (Cailey Fleming), a filha do xerife Rick Grimes (Andrew Lincoln).

Beta escapou com vida. Quem deu a mesma sorte foi Rosita (Christian Serratos), que batalhou com o brutamontes e quase deu adeus. Aqui, o fã de Walking Dead quase se conformou com uma possível morte/despedida de Rosita, pois a atriz que a interpreta está de saída e fará uma série na Netflix. Contudo não foi desta vez. A morena só se feriu e partiu rumo à colônia HIlltop, para ser tratada pelo corpo médico da comunidade.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: