fbpx

Polícia pede ajuda para identificar homem que se masturbou e ejaculou na boca de bebê

Um vídeo que circula nas redes sociais gerou revolta, nele um homem gravou um vídeo se masturbando e ejaculando na boca do bebê.

Sites do estado do Amazonas propagam que delegados do estado pedem ajuda para identificar o bebê, assim será mais fácil chegar no criminoso.

Manaus – O delegado da Polícia Civil Mauro Duarte, solicita ajuda da população para identificar o bebê que sofre intenso abuso sexual de um mostro”.

Estes sites desmentem então a versão de que o homem teria sido encontrado morto com 70 facadas em La Paz, na Bolívia, pois supostamente o caso esta sendo investigado em Manaus (AM).

Um site chegou a publicar o vídeo, e foi solicitado pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), que retirasse o vídeo pois estaria cometendo um crime ao expor o bebe.

Veja o oficio do (MPAM) abaixo.

Ofício n. 237/ 2019/CAO-CRIM/MP/AM
Manaus, 26 de agosto de 2019

Ao senhor Antônio Zacarias
Diretor Geral do Portal do Zacarias



Chegou ao conhecimento desta Coordenadoria que esse portal vem divulgando vídeo em que um homem não identificado abusa sexualmente de um recém-nascido, atingindo publicamente a preservação da imagem da criança.

Assim, solicito de Vossa Senhoria a imediata retirada desse sitio do link: https://www.portaldozacarias.com.br/site/wap/noticia/imagens-chocantes–homem-introduz-panis-na-boca-de-beba-e-depois-ejacula.-crianaa-se-debate-e-chora-desesperadamente.-tudo-filmado-pelo-praprio-amonstroa.-polacia-pede-ajuda-para-identifica-lo.-veja-vadeo/, no qual vem sendo divulgado o vídeo de bebê sofrendo violência sexual praticada por homem desconhecido, violando expressa disposição prevista no art. 17 do Estatuto da Criança e do Adolescente.



Atenciosamente,



JEFFERSON NEVES CARVALHO
Coordenador Criminal do Ministério Público do Estado do Amazonas



Coordenação Criminal – CAOCRIM
Ministério Público do Estado (anexo)
Av. André Araújo, n. 23, Aleixo
Fone: 2101-4540

Noticia BlogOdemocratico Acusado teria sido preso na fronteira com o Paraguai

A Polícia Fderal confirmou na última quarta-feira (20) que prendeu um homem acusado de abusar sexualmente de um bebê de cinco meses em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná (fronteira com o Parguai). Ele registrou o estupro em vídeos e compartilhou os arquivos na Internet.

Segundo a Polícia Federal (PF), o abuso teria acontecido em 2014 e o homem seria um amigo próximo da família. Depois de receberem do vídeo, os policiais conseguiram reconhecer rapidamente o local e a pessoa que aparecia nas iamagens

Na casa do suspeito foram encontrados diversos vídeos pornográficos. Ele continua preso e a criança, agora com quatro anos, foi encaminhada para realizar exames, já que o homem tinha uma relação próxima com a vítima.

Além do mandado de prisão preventiva, a PF cumpriu dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª Vara Federal de Foz do Iguaçu.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: