Vereadores vivem momentos distintos em João Pinheiro

Nos últimos dias, João Pinheiro, se tornou assunto nacional após projeto de Lei, de conscientização contra os maus-tratos a animais, de autoria do vereador/Cabo Vieira (PP) ser levado a votação na Câmara Municipal de João Pinheiro.

Na ocasião o projeto foi votado e aprovado por 11 votos a 01, ganhando então destaque nacional, após, posicionamento com discurso de ódio pregado pelo vereador Eli Corrêa (DEM), contra animais errantes e votando contra o projeto de conscientização com a causa animal.

Na fala do vereador Eli Corrêa (DEM), ele explanou que “Cachorro na rua tem é que matar, cachorro em rua do jeito que vemos por toda banda, com problema e doença, amontoado, trazendo doença para população. (…) Cachorro de rua para mim, é perder tempo. Eu, se passar por cima de um cachorro, nem olho para trás, penso que não tem dono”, afirmou o parlamentar sobre como se comportaria caso atropelasse um cão.

O posicionamento do vereador provocou uma avalanche de críticas por populares e artistas de todo o brasil, varias ameaças de ações judiciais foram manifestadas inclusive por deputados federais e estaduais.

Retratação conflituosa

Nessa última quinta-feira (22) o legislador se posicionou através de uma nota de retratação, pedindo desculpas a população pinheirense e aos vereadores da Câmara Municipal de João Pinheiro e a quem se sentiu ofendidos com seu discurso.

Em nota o vereador tenta explicar a todos sua intenção e alega que somente tentou defender a população de doenças transmissíveis ao ser humano. Ele fala também que foi tomado pela emoção e que todos são conhecedores de sua índole.

O vereador segue a nota dizendo que é a favor de cães e animais, “sendo eles bem alimentados e devidamente cuidados, para não colocar em risco a população.”

É possível observa na nota que o vereador continua a se posicionar contrario a situação dos animais errantes quando o mesmo escreve que e a favor de cães e animais, desde que “eles estejam bem alimentados e devidamente cuidados”. Importante lembrar que animal nenhum escolhe ser abandonado ou mal cuidado, situação essa que é motivo da criação da Lei de conscientização contra os Maus-Tratos de Animais, de autoria do vereador Cabo Vieira (PP), Lei que o vereador Eli Correa, votou contrário.

O vereador pode responder por apologia ao crime

O caso já está sendo apurado pelo Ministério Público, falou ao UOL a promotora Luciana Imaculada de Paula, o vereador pode responder por apologia ou incitação ao crime. “Recebemos a representação por parte do deputado federal Fred Costa (Patriota). Ela será enviada ao promotor de Justiça de João Pinheiro para análise e providências no âmbito de suas atribuições criminais”, explicou.

O Vereador Eli Correa, tem sido infeliz com seus discursos, inclusive um áudio do vereador circulou hoje, alegando ser humilhante comparar o salário dos vereadores ao de uma faxineira, situação que de acordo com ele e mesmo que chamar os vereadores de “cachorros e vagabundos”.

O áudio foi vinculado nas redes sociais, grupos de WhatsApp e na rádio Tropical FM, nesta sexta-feira (23), provocando a revolta de várias talhadoras e trabalhadores da profissão. Veja o áudio…

O áudio foi gravado em situação onde o vereador defende o salário dos legisladores que foi reduzido por ações populares.

O vereador em uma Reunião Ordinária, quando na ocasião foi feito o reajuste inflacionário, também foi autor de um discurso polêmico com duras críticas a promotores de Justiça, devido à ação popular que reduzi-o os subsídios dos vereadores. Veja…

Momento distinto

O vereador Cabo Vieira, autor do projeto de conscientização aos maus-tratos aos animais, ganhou muita evidência com o projeto, sendo elogiado por várias celebridades globais, inclusive, pela assessoria da apresentadora Xuxa Meneghel e Luísa Mell.

Cabo Vieira foi citado em vários jornais a nível estadual e nacional, por causa do projeto, levando o nome de João Pinheiro, positivamente a mídia nacional.

O jovem vereador, de primeiro mandato tem se destacado pelas importantes conquistas alcançadas, mesmo com o pouco tempo que ocupa uma das cadeiras na Câmara Municipal de João Pinheiro.

Uma conquista de maior destaque é a construção de um novo mercado Municipal para os trabalhadores rurais, através do Deputado Federal Weliton Prado.

O fritar dos ovos

Será que podemos resumir que a situação toda e o conflito da velha e a nova política, com ideologias escancaradas aos olhos do povo em sua metamorfose? A final quem é responsável por aqueles que ocupam as cadeiras? Deixe sua opinião!

Os interesses da coletividade devem ser objeto de análise dos vereadores e de seus assessores na elaboração de projetos de leis.

Comentários

Copiar com CTRL-C - A republicação é gratuita desde que citada a fonte.
Publicar textos sem dar créditos ao autor é considerado crime

artigo 7º da Lei do direito autoral.

Conteúdo da Editora de Jornal Diário Sputnik Voz do Povo

%d blogueiros gostam disto: