fbpx

Saiba mais sobre as aulas remotas da rede estadual

A partir desta segunda-feira(18), os alunos da rede estadual de escolas públicas já começaram a ter o retorno das aulas.Os alunos têm recebido atividades através de grupos das escolas por meio do aplicativo Whatsapp, onde também podem tirar as dúvidas com os professores. Na semana passada a Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais informou através de uma coletiva de imprensa como funcionaria o regime não presencial das aulas em função da pandemia da Covid-19.

O objetivo do ensino remoto é diminuir o impacto de aprendizados dos estudantes durante a paralisação das atividades presenciais.

Professores e alunos podem tirar as últimas dúvidas para acessar o aplicativo Conexão Escola

A partir desta segunda-feira (18/5) professores e estudantes da rede estadual de ensino poderão acessar o aplicativo Conexão Escola. A plataforma é uma das ferramentas do Regime de Estudo não Presencial ofertado pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) neste momento de isolamento social causado pela pandemia da Covid-19.

Para que não fique nenhuma dúvida quanto ao acesso no Conexão Escola, foram elaborados manuais de acesso e guias práticos para alunos e professores. 

O professor

O primeiro passo é baixar o aplicativo. Para isso, é necessário acessar a Play Store, pesquisar pelo Conexão Escola desenvolvido pela Prodemge e clicar em instalar. Em seu login, o professor deverá digitar seu CPF – sem ponto e traço. A senha é a mesma utilizada no sistema Diário Escolar Digital (DED).

O educador deverá ficar atento a três situações que podem ocasionar restrição de acesso. O primeiro é se aparecer uma mensagem que informa que há pendência na alocação no quadro de horários. Neste caso, é necessário entrar em contato com o diretor da escola e solicitar que ele conclua a alocação do professor no quadro de horários.

O segundo caso, é se o professor já usou o DED e quando digita a senha no Conexão Escola aparece “usuário invalido”. A orientação da SEE é que o educador tente acessar o DED para verificar se a senha está correta. Caso não consiga, será necessário redefinir a senha de acesso na tela inicial do Diário Eletrônico Escolar, clicando em “esqueci minha senha”.

Por fim, o professor que ainda não acessou o DED e necessita criar uma senha de acesso deverá entrar em contato com o diretor da escola e solicitar que o gestor o cadastre no Sistema Mineiro de Administração Escolar (Simade). O sistema encaminhará um link para o e-mail, informado no cadastro do educador, para que seja definida a senha de acesso. Vale lembrar que a senha deve ter, no máximo, nove caracteres.

O estudante

Para baixar o aplicativo, o aluno deverá seguir o mesmo passo a passo dos professores, que é acessar a Play Store, pesquisar pelo Conexão Escola desenvolvido pela Prodemge e clicar em instalar. O usuário será o número de matrícula do Simade e a senha será a data de nascimento. Para consultar o número de matrícula, o estudante deve utilizar o link de recuperação de usuário.

Caso apareça a mensagem “usuário inválido” é necessário que o aluno entre em contato com a escola, por e-mail, para saber se a data de nascimento está correta no cadastro da escola e se sua enturmação está correta.

Para saber o e-mail da escola CLIQUE AQUI

Aplicativo

No Conexão Escola, o aluno terá acesso às teleaulas do Programa Se Liga na Educação exibido na Rede Minas, aos slides apresentados nessas aulas e aos Planos de Estudos Tutorados (PETs). Além disso, em breve, no aplicativo será possível o contato entre professor e aluno por meio de um chat de conversas.

A conexão do perfil do aluno com a rede para utilizar o aplicativo será custeada pelo Governo de Minas.

Confira como vai funcionar as teleaulas

Para a realização do ensino, foi elaborado 3 ferramentas para o complementar o estudo dos alunos. O Plano de Estudo Tutorado        ( PET). Este plano se trata de uma apostila com orientações de estudos e plano mensal de atividades de fixação para os estudantes. Os materiais foram feitos considerando o grau de escolaridade dos alunos, desde a educação básica até o ensino médio. O plano também possui o objetivo de cumprir a carga horária do ano letivo dos alunos.

O programa de Tv “Se Liga na Educação”  será exibido de segunda a sexta-feira no canal da Rede Minas de Televisão e também poderá ser assistido através do site redeminas.tv.  As teleaulas priorizará os conteúdos que os alunos têm mais dificuldades, uma hora da programação será transmitida ao vivo para que os estudantes possam tirar suas dúvidas. A distribuição dos conteúdos das disciplinas foram feitar por área de conhecimento.

  • Segunda- Feira: Português, Inglês, Literatura, Artes e Educação Física
  • Terça-feira: História e Geografia
  • Quarta-feira: Matemática
  • Quinta-feira: Biologia, Química e Física
  • Sexta-feira: Programação para os alunos que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

O aplicativo “Conexão Escola”, unirá os conteúdos do PET, o programa de tv “Se Liga na Educação” e os materiais utilizados na teleaulas. Futuramente de acordo com o órgão, será possível que os alunos interajam com os professores por meio da plataforma.

Para os alunos que não possuem acesso à internet

Segundo a secretaria, os alunos que não têm acesso á internet receberão o material impresso.  A  entrega desses materiais  é de responsabilidade de escola que deve estar sempre em contato com a secretaria.  A estratégia para que isso ocorra será realizada pelos gestores das unidades de ensino.

As famílias e os estudantes podem acessar o site do estudeemcasa.educacao.mg.gov.br  ou as redes sociais da secretaria para receber orientações de como acessar as ferramentas citadas e tudo sobre o regime de estudo não presencial dos alunos.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: