fbpx

Final da Libertadores entre Flamengo e River é transferida de Santiago para Lima no Peru

Com o Chile nas ruas em repúdio ao fracasso da política neoliberal do presidente Sebastián Piñera, a Conmebol decidiu nesta terça-feira 5/11 mudar o palco da final da Copa Libertadores da América, que aconteceria em Santiago.

Após reunião organizada pela própria Conmebol, decidiu-se que Flamengo River Plate jogarão no Estádio Monumental de Lima, no Peru. A data segue a mesma (23/11).

Os presidentes do Flamengo, Rodolfo Landim, e do River Plate, Rodolfo D’Onofrio, estavam presentes na reunião e deram aval para a mudança.

A crise social enfrentada pelo Chile deixou 20 mortos e cancelou diversos eventos esportivos no país. Nesta terça-feira, as federações chilena e da Bolívia anunciaram o cancelamento do amistoso marcado para o próximo dia 15, na cidade de Concepción

Antes, já havia sido cancelado o QS 1500 Maui and Sons Pichilemu Women’s Pro by Royal Guard, etapa da divisão de acesso do Circuito Mundial de Surfe, que seria disputada de 31 de outubro a 2 de novembro. O evento foi adiado para 13 a 15 de dezembro, em Punta de Lobos, em Pichilemu, no sul do Chile.

Além do surfe, o futsal teve um evento cancelado. A Conmebol optou por suspender a Copa América de Futsal, que seria disputada na cidade de Los Ángeles, a 513 quilômetros de Santiago, de 23 a 30 de outubro.

Pela terceira semana seguida, a Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP) do Chile cancelou as partidas de futebol organizadas pela entidade no país. Tudo por causa dos problemas políticos que a presidência vem enfrentando, principalmente em Santiago, com manifestações de muitas pessoas nas ruas. “A ANFP e os clubes de futebol do Chile ratificam seu compromisso com a segurança dos torcedores, jogadores, jogadoras e crianças que nos acompanham”, disse em comunicado.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: