fbpx

Professor é preso por comemorar morte de PM em rede social

O comentário foi apagado, mas o homem confessou aos policiais a publicação. O docente foi detido por apologia ao crime

O professor de Geografia, Pablo Emmanuel Coelho, foi preso nesta terça-feira (17), em Belo Horizonte, Minas Gerais, após comemorar a morte de um policial militar em uma postagem no Facebook. A celebração foi feita em uma publicação da Rádio Itatiaia, que noticiava a morte de um agente em Ibirité, na Região Metropolitana de BH, com o título: PM é assassinado por homens que passaram em moto atirando em Ibirité, na Grande BH.

– Parabéns ao menino da moto – comentou o professor.

A polícia, então, foi até a casa do suspeito, no bairro Novo Tupi, na capital mineira. Os agentes foram recebidos pela mãe do homem, que os levou até o quarto do filho. Nervoso, Pablo recebeu voz de prisão e confirmou o comentário. A mãe pediu para os agentes verificarem se havia algo ilícito no quarto, mas os militares não julgaram necessário.

O comentário foi apagado posteriormente, mas Pablo Emmanuel vai responder por apologia ao crime, que é fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou autor de crime. A pena é de detenção, de três a seis meses, ou multa.

Durante a apresentação na delegacia, o professor pediu desculpas pela publicação.

– [Quero] pedir desculpa pelo meu erro, estou à disposição da família, estou à disposição judicialmente também. Agora é arcar com as consequências do meu erro – completou.

Fonte: Pleno.News

Comentários

%d blogueiros gostam disto: