fbpx

Polícia prende integrantes de quadrilha investigada por roubos de gado na região de João Pinheiro e Pirapora

A Policia Militar de Pirapora/MG, em investigação dos autores de vários roubos de gado na zona rural de Buritizeiro/MG e João Pinheiro/MG, identificaram que o líder da quadrilha de roubo de gado seria o indivíduo conhecido por “MARCINHO GORDO” e teria como comparsas “CLEITINHO e NEGUINHO”, ambos moradores da cidade de Buritizeiro/MG.

A polícia na data do dia 11/05, receberam informações relatando que o “MARCINHO GORDO” estaria programando um assalto a uma fazenda localizada na margem da BR 365, e que o comparsa CLEITINHO seria o responsável para transportar os membros da quadrilha e armamentos até o local do roubo em um veículo FIAT PALIO de cor prata. Diante das informações, foi desencadeada uma operação policial composta por militares do 55° BPM, e após monitoramento umas das equipes do serviço de inteligência deparou com o veículo FIAT PALIO, e ao ser consultado foi confirmado que o veículo pertencia a C.S.G, de  38 anos, o carro estava estacionado na entrada da FAZENDA BOI BRANCO, localizada na BR 365.  

Diante da situação foi solicitado apoio policial e após a chegada do apoio, os militares deslocaram até a Fazenda, onde visualizaram a aproximação de dois caminhões boiadeiros, sendo que um caminhão estava rebocando o outro, e ao aproximar para abordagem, os autores NEGUINHO, CLEITINHO, e outros dois indivíduos “I” e “B” perceberam a presença policial e tentaram evadir para dentro do matagal, sendo perseguidos.

Os motoristas dos caminhões também tentaram evadir, sendo cercados e abordados ainda no local. O caminhão de cor amarela, estava sendo conduzido por J.G.S, de 45 anos, vulgo “FRANGO”, e o caminhão de cor branca, estava sendo conduzido por M.C.G, de 26 anos.

Na sede da fazenda, os militares encontraram amarrado em um quarto um homem de 48 anos, caseiro da propriedade, que informou que os autores chegaram ao local armados com várias armas de fogo, revolver e espingarda surpreendendo a vítima no interior da residência, e que os autores selecionaram o gado no curral e tomaram uma bolsa contendo vários pertences e uma arma de fogo tipo garruchão artesanal, que ele mantinha guardado no local.

A vítima reconheceu um dos autores como sendo o indivíduo conhecido por NEGUINHO, por ser ex-funcionário da fazenda e que os autores atendiam as ordens de um outro que eles chamavam de CLEITINHO. Em continuidade aos rastreamentos os militares localizaram três autores evadindo a pé sentido a cidade de buritizeiro, sendo abordados, e identificados como G. S.R, vulgo (NEGUINHO), de 18 anos, G.Y.R.S, de 23 anos, e B.S.B, de 18 anos. No momento da abordagem, o autor B.S.B dispensou um revólver .32, sendo o mesmo encontrado.

O autor G.S.R, informou que “MARCINHO GORDO”, fez contato com ele para roubar a fazenda, e informou que mandaria CLETINHO fazer contato com ele pessoalmente para realizar o roubo na fazenda, e que ele receberia R$5.000,00 (cinco mil reais pelo roubo) e que MARCINHO GORDO combinou com ele que após o embarque do gado o caminhoneiro de nome J.G.S, repassaria parte do dinheiro e que a outra seria entregue pelo CLEITINHO após a venda do gado.

“B.S.B” e “G. S.R” informaram que combinaram com CLEITINHO acerca do roubo e que receberiam R$1.000,00 (mil reais) pelo serviço. Em seguida, os militares deslocaram até a usina de cana de açúcar no município de João Pinheiro/MG, próximo a São Gonçalo do Abaete/MG e localizaram o M.C.G, de 26 anos.

O autor “G” informou onde estaria a arma garruchão roubada na fazenda, sendo recuperada pelos militares.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: